Pages

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Super Mario Run


Depois de uma relutância a estas plataformas que durou anos, a Nintendo apercebeu-se finalmente que não pode continuar a ignorar esta plataforma e a sua audiência gigantesca. Super Mario Run é o primeiro fruto desta nova aposta da Nintendo e um grande passo para o futuro da companhia. Nunca ninguém duvidou da capacidade da Nintendo para criar bons jogos, mas houve decisões questionáveis nos últimos anos que a colocaram numa posição menos favorável
Poucos minutos depois de começarmos a jogar Super Mario Run, a questão que surge é: por que razão a Nintendo não lançou um jogo como este mais cedo? A combinação é perfeita. Embora a tradição seja jogar os títulos Super Mario numa consola com botões, a adaptação à jogabilidade tátil do mobile está bem conseguida. Mario corre sozinho e a única preocupação que o jogador tem é saltar. Existem outras ações automáticas, como passar automaticamente por cima de pequenos obstáculos e inimigos, mas não pensem que o desafio é nulo. No total Super Mario Run oferece 24 níveis (seis mundos compostos por quatro níveis) e não vão demorar muito tempo a concluir todos os níveis (duas horas deve ser suficiente para o jogador comum), mas o objetivo adicional de apanhar as moedas coloridas aumenta a dificuldade e a longevidade.

Android: download
iOS: download




sábado, 20 de agosto de 2016

Shadow Warrior 2


Shadow Warrior 2 foi anunciado para PS4, Xbox One e PC. Produzido pela Flying Wild Hog, o jogo de tiro marca o retorno de Lo Wang e traz habilidades com armas e lâminas. Essa é a sequência de um dos games mais violentos dos últimos anos.
Confira abaixo o gameplay de 12 minutos.


For Honor


For Honor é o novo jogo de guerra que será lançado para Xbox One, PS4, PC. Pelo que foi visto na E3 2015, o game terá como grande destaque o multiplayer competitivo em que os jogadores batalham num 4x4 e com mais dezenas de bots controlados pela inteligência artificial. O jogador pode escolher entre Cavaleiro, Samurai e Viking para ser sua classe, cada qual com suas características únicas. For Honor chegará em 2016, mas não tem uma data certa. Mais infomações devem ser divulgadas pela Ubisoft em breve.
Confira abaixo o gameplay de 10 minutos.

Deus Ex: Mankind Divided



A Square Enix Montreal divulgou nesta quarta-feira (8) uma série de novas informações sobre Deus Ex: Mankind Divided, incluindo o lançamento do jogo mobile Deus Ex GO.
Nesta parte do jogo exposta na demonstração, o protagonista Adam Jensen acorda em um lugar desconhecido, após sofrer um ataque de extremistas, e suas próteses, as augmentations, estão com mal funcionamento.
No vídeo, podemos ver algumas das atividades que o jogador poderá fazer no apartamento de Adam, como assistir TV para ficar por dentro das notícias, ler e-mails em computadores, ler livros e administrar seu estoque de itens. Certas ações que podem ser feitas no apartamento podem desencadear missões que não fazem parte da história principal do game.
Além disso, temos uma prévia de como a discriminação entre aqueles que possuem as próteses e os "naturais" acontece, como, por exemplo, linhas de metrô separadas.
Deus Ex: Mankind Divided chega em chega em 23 de agosto para PlayStation 4, Xbox One e PC



sexta-feira, 27 de maio de 2016

Dawnbringer



"Uma terra abandonada. Um herói banido. Dois irmãos em conflito.  Você e seu irmão se esquecem que eventos cataclísmicos estão prestes a despertarem, mas sua chegada também poderia ser a chave para a salvação. Pode o mundo de Mourngard ser salvo? Descubra a verdade por trás da corrupção que está destruindo a terra outrora pacífica. Desafie seu irmão imprudente, e liberte Mourngard de sua ocupação demoníaca. O destino do mundo está em suas mãos! "- Kiloo Games / Copenhaga Creators


  •     Uma aventura fantástica e envolvente de mundo aberto!
  •     Experiência emocionante de combates!
  •     Mergulhe em uma campanha de RPG cativante e de várias horas para desvendar!
O jogo ainda não está disponível nas lojas Android e iOS, mas você pode se inscrever e reservar a versão beta através do link oficial.

Assista ao trailer de lançamento e deixe um comentário. Até breve!

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Videogame chinês Fuze Tomahawk F1

O design do Fuze Tomahawk F1 copia o PlayStation 4 enquanto o Joystick é praticamente do Xbox One (Foto: Reprodução/International Business Times)

O Fuze Tomahawk F1 é o mais novo videogame Android de baixo custo produzido na China por Fuze Entertainment, mas a maioria dos jogadores percebem uma certa familiaridade. Aparentemente, parece ser um clone do PS4 e o joystick é muito semelhante ao do Xbox One. O lançamento do Fuze Tomahawk F1 está previsto para junho –  por aproximadamente US$ 138 (em torno de R$ 480).
O design do aparelho copia muito o do PlayStation 4 e poderia enganar qualquer usuário desavisado. A única diferença fica por conta de uma linha diagonal lisa que passa pelo topo do console. Além do Joystick parecido com o console da Microsoft, o Fuze Tomahawk F1 também oferece uma interface praticamente igual à da PlayStation Network como menu.
As especificações do videogame incluem um processador de 4 GHz e 500 GB de armazenamento interno. O Fuze Tomahawk F1 é capaz de rodar a maioria dos tradicionais jogos para Android e contará ainda com títulos como Dynasty Warriors 8 Xtreme Legends, Hawken, BlazBlue: Chrono Phantasma Extend, Assassin’s Creed Chronicles, Mighty No.9 e Red Ash: The Indelible Legend.




quarta-feira, 8 de julho de 2015

Total Domination

Total Domination Screenshot


Jogo de estratégia em tempo real no qual você é o grande líder de um exército futurista. Seu objetivo é expandir seus domínios por meio do fortalecimento de seus soldados, criando guerreiros mais fortes e vorazes, bem como oferecendo estrutura para que eles aprimorem suas habilidades.
Em Total Domination você conta com modo PvP, ou seja, pode enfrentar outros jogadores em duelos mortais. Tudo isso em nome da guerra pela supremacia do planeta Terra, que foi dominado por outras criaturas após os humanos terem a deixado há algum tempo. Agora, é tempo de reaver as coisas por aqui.
Total Domination Screenshot



Link para jogar online

Walking Dead

The Walking Dead: Season One - screenshot


Walking Dead para mobile é uma adaptação da versão de PC que funcionou muito bem na tela touch. Os controles são bem básicos, e a maior parte do jogo funciona no estilo point and click.
A história do game, ao invés de acompanhar Rick, Shane e os outros personagens da HQ, é focada em outro grupo de sobreviventes, em especial Lee Everett. Ex-professor universitário, Lee estava a caminho da prisão por assassinato quando a viatura que o transportava atropela um zumbi. Em meio ao caos, ele consegue se libertar, e acaba procurando refúgio na casa de Clementine, uma garota de oito anos cujos pais estavam viajando quando os mortos-vivos apareceram. A partir de então, ele passa a protegê-la como se fosse um pai, se unindo depois a um grupo de sobreviventes que enfrentam dificuldades semelhantes às mostradas na série de televisão e na HQ.
The Walking Dead: Season One - screenshot
O jogo é dividido em episódios, sendo que o primeiro é grátis e os outros podem ser comprados por US$ 5 cada. Para quem não jogou a versão de PC, vale muito a pena pela história: cada passo que você toma e os relacionamentos que escolhe com os personagens irão afetar a forma como eles o veem no futuro, influenciando até mesmo o final. Além disso, em certos momentos você chega a encontrar personagens da série principal, como Glenn e Hershel, e aprende um pouco o que se passou com eles antes da chegada de Rick Grimes.

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Ironkill: Robot Fighting Game


Jogos de luta do robô pode ser muito divertido, especialmente se você já gosta de robôs grandes. Nós já temos alguns deles no Android e um dos lançamentos mais recentes neste gênero era um jogo chamado Ironkill, lançado em novembro do ano passado. Hoje, os desenvolvedores têm empurrado para fora uma nova atualização que expande o jogo em uma série de maneiras.
Uma das maneiras mais fáceis de expandir um jogo de luta como esta é oferecer mais personagens jogáveis ​​e que é exatamente o que parte desta atualização traz consigo. No total, há 12 novos robôs para os jogadores a assumir o controle de, personalizar, e depois tentam bater seus robôs adversário. Claro, se você não sabe como jogar este jogo, então os novos personagens, não importa. Contudo, há um novo tutorial do usuário em profundidade disponível para ensinar novos jogadores no jogo.


A interface do usuário também foi melhorada, bem como, tornando-o mais fácil de usar, bem como apenas olhando melhor em geral. Os novos robôs todos têm suas próprias habilidades únicas e pode ser personalizado com peças after-market bem e navegar tudo isso deve ser muito mais fácil agora. Upgrades para robôs são comprados usando o dinheiro ganho em batalhas e por isso a atualização foi aperfeiçoada na economia do jogo também.
Por último, os jogadores serão capazes de ganhar de eventos relacionados com recompensas do bônus que variam de moeda do jogo aos robôs avançados, esta sendo adicionados ao jogo com essa atualização também.

Link para baixar na Google Play

Assassin's Creed Chronicles: China

Assassin's Creed Chronicles: China é a primeira parte da trilogia derivada de uma das principais franquias da Ubisoft. Lançado em formato digital para PS4, Xbox One e PC, o game tem jogabilidade side scrolling com uma mecânica familiar, mas é diferente de qualquer outro Assassin's Creed.
Como o título sugere, o jogo se passa na China em 1526. Você controla Shao Jun, uma assassina que busca vingança dos Tigres, grupo de templários que eliminou grande parte da Irmandade Chinesa dos Assassinos. Ela não é novata na franquia: já apareceu na animação Assassin's Creed: Embers, no game Revelations e foi citada em Assassin's Creed III.
Como qualquer outro protagonista da série, Shao é forte, determinada e cheia de frases poéticas sobre como pretende matar seus inimigos e vingar seus irmãos. O problema é que sua história em China tem poucas novidades e é um pouco apagada. A personagem e seu líder, Wang Yangming, estão com um artefato misterioso (não contarei para não fazer spoiler) deixado por Ezio Auditore, personagem de peso nos jogos de Assassin's Creed. A Ubisoft sempre trabalhou muito bem na narrativa da série, mas Chronicles não faz jus ao berço e aborda tudo superficialmente. Portanto, fica um bocado mais complicado manter o foco em um game sem uma história interessante.
Assassin's Creed Chronicles: China é um spin-off que não preza por sua história e isso, sem dúvidas, é um pequeno retrocesso dentro de uma franquia cujo um dos focos sempre foi oferecer uma narrativa bem trabalhada. No entanto, a jogabilidade desafiadora de China mistura elementos tradicionais da série e encaixam de maneira desafiadora na perspectiva side scrolling. Seus cenários seriam de tirar o fôlego caso tivessem um acabamento melhor, mas o uso do aquarela e da sobreposição de camadas é algo digno de atenção.